Prevalência na Associação entre zumbido e DTM

Prevalência na Associação entre zumbido e DTM

DTM gera zumbido ou zumbido gera DTM

Disfunção Temporomandibular é uma doença multifatorial que segundo a literatura acomete cerca de 40 a 75% da população, a qual 5% podem ter algum sintoma e entre um deles o zumbido.

Zumbido é um sintoma otológico subjetivo comum na DTM, mantém uma relação de comorbidade pois uma condição pode piorar a outra, como também uma relação de fator de risco porque devido a proximidade das estruturas envolvidas em ambos pode ser que o zumbido acarreta a chance de ocorrência de DTM e vice-versa. Porém, existe uma limitação de dados na associação entre Zumbido e DTM, pois cada paciente relata a sintomatologia de uma forma diferente proporcionando uma gama de respostas e diagnósticos, assim se faz necessário padronização na análise de diagnóstico.

A relação entre as doenças é frequente e estudos mostram que o zumbido em pacientes com DTM é de 80%, bem mais prevalente que na população em geral, sem sinal de DTM com 5% a 43%.

Sugestões de leitura:

*Wandembruchk, F. Associação entre zumbido e disfunção temporomandibular: revisão sistemática.
*Conti P. Disfunções Temporomandibulares e Dores Orofaciais: Aplicações Clínicas das Evidências Ciências. Dental Press, 2020.


Para saber mais, marque sua consulta agora mesmo!



Voltar para artigos
whatsapp
whatsapp